11/10 – Dia Nacional de prevenção da obesidade

Na-Europa-do-século-XVIII-gordo-pagava-imposto-pelo-tamanho-da-barriga.

A obesidade é o acúmulo de gordura no corpo causado quase sempre por um consumo excessivo de calorias na alimentação, superior ao valor usada pelo organismo para sua manutenção e realização das atividades do dia a dia.

Uma forma para sabermos se estamos acima do peso desejado, basta calcularmos o IMC (índice de massa corporal).

IMC = Peso

(Alt) ²

Classificação do IMC:

  • Menor que 18,5 Abaixo do peso
  • Entre 18,5 e 24,9 – Peso normal
  • Entre 25 e 29,9 – Sobrepeso (acima do peso desejado)
  • Igual ou acima de 30 – Obesidade.

O Brasil tem cerca de 18 milhões de pessoas consideradas obesas. Somando o total de indivíduos acima do peso, o montante chega a 70 milhões, o dobro de há três décadas.

O obeso tem mais propensão a desenvolver problemas como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula. Ela também, pode mexer com fatores psicológicos, acarretando diminuição da autoestima e depressão.

Como controlar e reverter o quadro:

Como a obesidade é provocada por uma ingestão de energia que supera o gasto do organismo, a forma mais simples de tratamento é a adoção de um estilo de vida mais saudável, com menor ingestão de calorias e aumento das atividades físicas. Essa mudança não só provoca redução de peso e reversão da obesidade, como facilita a manutenção do quadro saudável.

No seu dia a dia:

  • Inicie os exercícios sempre de maneira gradual – não dispense a fase de alongamento, aquecimento e resfriamento.
  • Aumente as caminhadas e procure sentir prazer em caminhar.
  • Aumente a atividade no seu dia a dia, utilizando escadas e dispensando o carro sempre que possível.
  • Leve seu cachorro para passear.
  • Um parceiro, companheiro ou amigo pode auxiliá-lo incentivando atividades, acompanhando-o durante as compras e exercitando-se junto.
  • Dance.
  • Pedale.

Lembre-se que para um melhor resultado, é importante ter a frequência da atividade no mínimo de 3x na semana e por 40 minutos.

O total de calorias a ser consumida deve ser reduzido em 500 a 1000 kcal por dia. A dieta assim planejada é usualmente suficiente para produzir uma perda de peso entre 0,5 a 1,0 kg/semana. Recomendações gerais devem incluir aumento na ingestão de fibras, que produzem maior grau de saciedade, redução no consumo de sacarose, de álcool e de gorduras saturadas. A proporção normal de nutrientes deve ser mantida apesar da limitação calórica.

A importância de procurar um profissional para auxiliar nessa perda é grande. Questione seu médico sobre o melhor método para seu caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *