Dia Internacional do Meio Ambiente

Na conhecida Conferência de Estocolmo em 1972, foi estabelecida a data de 05/junho para comemorar o Dia Internacional do Meio Ambiente. Essa data foi escolhida para coincidir com a data de realização dessa conferência. Tem como objetivo principal chamar a atenção de todas as esferas da população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais, visto que a preservação do meio ambiente é muito importante para que possamos ter um planeta saudável e rico em recursos naturais no futuro.

Cada cidadão pode fazer sua parte, colaborando para a preservação das condições mínimas de vida na Terra.

Essa data merece bastante destaque no calendário mundial. Entretanto, não basta apenas plantar uma árvore ou economizar água nesse dia, é necessário que ocorram mudanças nos hábitos simples do nosso cotidiano.

Como você realiza o descarte de materiais e medicamentos?

A maioria das pessoas coloca todo lixo doméstico em um saco grande e direciona às suas respectivas lixeiras, para que seja realizada a coleta de lixo domiciliar, fornecida pela prefeitura de cada município. Entretanto vale salientar que nem todo material pode ser descartado dessa forma.

Em se tratando de lixo doméstico, o mais indicado a ser feito, é separar o lixo orgânico, dos materiais recicláveis e não recicláveis. Os não recicláveis, podem ser descartados para coleta domiciliar, já os orgânicos podem ser reaproveitados para adubar plantas por exemplo, entretanto se não houver interesse, também pode ser descartado da mesma forma. No caso de lixo reciclável, o ideal é que seja verificado nas imediações de sua residência, locais que recebem esse tipo de material, caso negativo, basta contatar a subprefeitura da região e se informar.

É importante salientar que a subprefeitura de cada região está totalmente interligada a questão da coleta de lixo. Sabendo disso, em caso de dúvidas, sempre devemos contata-los.

Através desta medida, preservamos nosso meio ambiente, pois alguns desses materiais demoram milhares de anos até que sejam devidamente degradados, trazendo prejuízos a todo nosso ecossistema.

O descarte correto de medicamentos, também é de extrema importância, visto que se realizado de forma inadequada, pode contaminar os reservatórios de água, solo ou até mesmo uso inadvertido por outras pessoas, podendo provocar intoxicação exógena.

Referente a restos de comprimidos, pomadas e xarope, o ideal é verificar nas farmácias da região se há a coleta para este tipo de material, caso não encontre, direcionar as sobras de medicamento para as unidades básicas de saúde, pois elas seguem o fluxo adequado para o descarte dessas substâncias.

Alguns pacientes com patologias específicas como por exemplo Diabetes, fazem uso de material perfuro cortante em domicílio. Geralmente quando vão retirar os insumos, recebem uma caixa apropriada para o descarte, entretanto algumas vezes essa caixa pode estar em falta, principalmente na rede pública. Nesses casos, indicamos que o material seja descartado em garrafas pet ou lata de achocolatado e levados posteriormente à Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Nosso planeta pede socorro, cabe a nós salvá-lo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *