Luta Contra a AIDS

No dia 01 de dezembro, é salientada a Luta contra a AIDS, uma das doenças que mais matou nos anos 90, mas que ate hoje ainda é uma doença existem, e de um médio índice.
O HIV é o vírus da imunodeficiência humana, causador da AIDS, ataca o sistema imunológico responsável de defender o organismo de doenças. Ter HIV não é a mesma coisa de ter a AIDS. Há muitos soros positivos que vivem anos sem apresentar sintomas ou desenvolver a doença, mas podem transmitir o vírus a outros. É importante que pessoas que tiveram relação sexual desprotegida, façam o teste após 30 dias da relação sexual, sem realizar o teste antes desse tempo, pode dar um falso negativo, tendo que repetir o teste.

• Relações sexuais desprotegidas;
• Seringas contaminadas compartilhadas;
• De mãe para filho (na gestação, parto e na amamentação);

Novembro Azul

O Câncer de Próstata é uma doença silenciosa, que não costuma apresentar sintomas. A detecção precoce pode aumentar em 90% as chances de cura. No entanto, 87% dos homens afirmam que o preconceito atrapalha na prevenção. Diante deste cenário, a informação e conscientização são poderosas aliadas para mudarmos este quadro.

Ainda nos dias de hoje há muito preconceito no que se diz respeito ao exame periódico para a prevenção da patologia, visto que a realização do mesmo consiste em um toque retal realizado pelo Urologista.

Há ainda o exame de sangue chamado PSA (Antígeno Prostático Específico), este exame mensura os níveis de uma substância produzida pela glândula prostática, quando há a elevação dos níveis dessa substância, há o aumento da chance do surgimento de Neoplasia prostática. Embora exista a possibilidade de realização do exame de sangue, o toque retal ainda é o método de diagnóstico precoce mais eficaz, visto que os níveis de PSA podem variar por outros fatores como:

  • Aumento de tamanho da próstata – Hiperplasia prostática benigna ou um aumento não canceroso da próstata comum em homens idosos.
  • Idade – Os níveis de PSA normalmente aumentam lentamente à medida que o homem envelhece, sem sinal aparente de qualquer doença.
  • Prostatite – Infecção ou inflamação da próstata.
  • Ejaculação – Pode causar aumento do PSA por um tempo curto, que cai logo em seguida.
  • Andar de bicicleta – Alguns estudos sugerem que o ciclismo pode elevar os níveis do PSA.
  • Procedimentos urológicos – Alguns procedimentos urológicos realizados em consultório, que afetam a próstata, como biópsia ou cistoscopia, podem elevar os níveis de PSA por um curto período de tempo. Alguns estudos sugerem que o exame de toque retal pode elevar ligeiramente os níveis de PSA.
  • Medicamentos – Alguns hormônios masculinos, como a testosterona ou outros medicamentos que elevam os níveis de testosterona pode causar um aumento do PSA.

Deixe o preconceito de lado e realize um checkup periódico, pois o tratamento da patologia já instalada é muito mais incomodo do que a prevenção.

Câncer de Mama

O câncer de mama é muito falado e sempre direcionado as mulheres, entretanto também pode acometer os homens. O câncer se da pela multiplicação desordenada das células. Essa patologia afeta as mamas que são glândulas formadas por lobos. É o tumor maligno mais comum em mulheres e o que mais leva a morte.
Formas de prevenção e diagnostico: Auto exame, ultrassom da mama e mamografia.
Lembrando que o auto exame não substitui o exame de mamografia.

Sintomas:

  • Inchaço em parte do seio;
  • Irritação na pele;
  • Aparecimento de irregularidade (covinha ou franzido);
  • Dor no mamilo;
  • Inversão do mamilo (mamilo pra dentro);
  • Vermelhidão ou descamação do mamilo;
  • Saída de secreção;
  • Nódulo nas axilas;

Quando o câncer é diagnosticado, é preciso ver o estagio que ele se encontra, para pode saber o melhor tratamento. O tratamento pode ser constituído por: quimioterapia, radioterapia e cirurgia para retira parcial ou total da mama.

O câncer é dividido por de 0 a 4 estagio.
Estagio 0: As células ainda estão contidas, quase sempre curável.
Estagio 1: Tumor com menos de 2 cm.
Estagio 3: nódulo com mais de 5 cm que pode alcançar estruturas vizinhas.
Estagio 4: Tumores de qualquer tamanho com metástase.
O câncer quanto mais cedo for detectado, mais fácil é o tratamento e as chances para uma boa recuperação e talvez ate a cura. Qualquer sintoma procure um médico.

FIQUE ATENTO!

Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil

Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil, 23 de novembro, diferentemente do câncer em adultos, o câncer infantil geralmente afeta as células do sistema sanguíneo e os tecidos de sustentação do corpo, enquanto que o câncer em adultos afeta as células do epitélio, que recobre os diferentes órgãos (mama, pulmão, intestino, entre outros).

As neoplasias mais frequentes na infância são as leucemias (glóbulos brancos), tumores do sistema nervoso central e linfomas (sistema linfático). Também acometem crianças o neuroblastoma (tumor de células do sistema nervoso periférico, frequentemente de localização abdominal), tumor de Wilms (tumor renal), retinoblastoma (tumor da retina do olho), tumor germinativo (tumor das células que vão dar origem às gônadas), osteossarcoma (tumor ósseo) e sarcomas (tumores de partes moles).
Doenças malignas da infância, por serem predominantemente de natureza embrionária, são constituídas de células indiferenciadas, o que determina, em geral, uma melhor resposta aos métodos terapêuticos atuais. De acordo com o INCA- Instituto Nacional do Câncer – estima-se que em torno de 70% das crianças acometidas de câncer podem ser curadas, se diagnosticadas precocemente e tratadas em centros especializados.

Alguns dos principais sinais e sintomas:
• Febre prolongada de causa não identificada.
• Ínguas de crescimento progressivo.
• Vômitos acompanhados de dor de cabeça.
• Crescimento do olho podendo haver mancha roxa no local.
• Surgimento de dor ou caroço nas pernas.
• Diminuição da visão ou perda de equilíbrio.
• Dores nos ossos e nas juntas, com ou sem inchaços.
• Caroço em qualquer parte do corpo principalmente na barriga.
• Reflexo esbranquiçado no olho quando há incidência de luz.
• Manchas roxas ou sangramento pelo corpo sem machucado.
• Palidez.
• Perda de peso.

Alguns sinais e sintomas não são aparentes e outros sim. Por esse motivo, é de fundamental importância que os familiares fiquem atentos a qualquer sinal ou sintoma diferente que o seu filho possa apresentar. Caso haja qualquer alteração, consulte o médico pediatra do seu filho (até 12 anos) ou médico clínico geral (a partir dos 13 anos) e realize o acompanhamento lembrando que o diagnóstico precoce do câncer é determinante para o sucesso do tratamento e a cura da doença.

Fonte: Oncoguia.org.br

Diabetes

O dia 14 de novembro esta marcado para alertar a população sobre a causa e o que é a diabetes. Existem pessoas portadoras que não sabem, não fazem o tratamento e desconhecem o auto risco a sua saúde e muitas que não tem acesso a tratamento com qualidade em hospitais ou postos de saúde.

Existem dois tipos de diabetes, a tipo 1 e a tipo 2. Na diabetes tipo 1, o pâncreas (onde é sintetizada a insulina), o individuo deixa de produzir esse hormônio (insulina), aumentando os níveis de açúcar no sangue, essa doença geralmente acomete criança e se manifesta quando 90% da função do pâncreas esta comprometida, veja alguns sinais e sintomas:

  • Poliúria (aumento na frequência de urinar);
  • Polidipsia (aumento da sede);
  • Emagrecimento;
  • Polifagia (aumento do apetite);

Ate o momento, não existe terapia comprovada que previna ou cure a Diabetes tipo 1.

A Diabetes tipo 2, é o tipo mais comum de Diabetes, representa 90% dos casos, normalmente acomete adultos acima dos 40 anos. Nesse tipo de Diabetes há união de dois fatores, para que ela ocorra: resistência de insulina + diminuição da produção de insulina. A obesidade e sedentarismo também contribuem para adquirir a Diabetes tipo 2. Os sintomas nesses pacientes são mais discretos, mas também pode haver:

  • Poliúria (aumento na frequência de urinar);
  • Polidipsia (aumento da sede);
  • Nocturia (urinar com mais frequência à noite).

Prevenção e Tratamento: Alimentação balanceada, exercícios físicos moderados, manter um peso corporal saudável. Caso o médico responsável ache necessário, entrara com o tratamento medicamentoso.

Essa doença pode trazer danos graves, e quando é diagnosticado normalmente o paciente já tem complicações da doença. A Diabetes debilita e pode matar, é uma doença de grande ameaça mundial e sobrecarrega o sistema de saúde. Pessoas que tem essa doença sofrem de serias condições como: doença cardíaca, amputação dos membros inferiores, retinopatia diabética (perda da visão) e insuficiência renal.

Outubro Rosa: ação doará mamografias para prevenir câncer de mama

Para celebrar o Outubro Rosa, campanha criada para conscientizar a população sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama, as marcas de medicina diagnóstica Sérgio Franco e CDPI (Clínica de Diagnóstico por Imagem), em parceria com a ONG Américas Amigas, doarão até mil exames de mamografia para pessoas carentes em instituições de saúde, incluindo hospitais públicos do estado e organizações não governamentais. Na ação, as redes sociais serão utilizadas como as grandes aliadas: a cada 50 compartilhamentos dos posts da campanha de conscientização, realizada pelas marcas participantes em suas páginas oficiais no Facebook ou de vídeos das marcas no YouTube, uma mamografia será doada.

“As mulheres devem ficar atentas aos sinais do câncer de mama e, assim que um deles for percebido, é importante que elas procurem um médico especialista o mais rápido possível. Mas o mais importante é se submeter ao exame de mamografia periodicamente para detectar eventuais tumores em estágios precoces, o que aumenta muito a chance de cura”, explica o dr. Romeu Cortes Domingues, radiologista e presidente do Conselho DASA, reforçando que a cada 800 mamografias realizadas, uma vida é salva.

A ação, estrelada por Camila Pitanga, Preta Gil, Paola Oliveira, Neymar, Zico e outros nomes, será lançada no dia 1o/10 e valerá até o final do mês. “A ideia é utilizar as celebridades para chamar atenção para a prevenção do câncer de mama, fazendo deles porta-vozes dessa grande conscientização. Além disso, aproveitaremos as redes sociais como principais fontes de divulgação e multiplicação de informações sobre a campanha, pois são ferramentas democráticas às quais milhões de brasileiros têm acesso e podem compartilhar conteúdo confiável de conscientização de forma rápida e fácil e, como consequência, colaborar com a doação de mamografias”, afirma Ricardo Medina, diretor de marketing do Sérgio Franco e da CDPI.

O objetivo do Outubro Rosa é conscientizar a população sobre os males do câncer de mama e como detectar os primeiros sintomas. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), mais de 50 mil novos casos de câncer de mama surgem no Brasil todos os anos, e a taxa de mortalidade também é alta: essa patologia é reconhecida como a principal causa de morte entre as mulheres com câncer no mundo. Segundo o médico, a mamografia é um dos principais aliados das pacientes para fazer a detecção precoce da doença, aumentando as chances de sucesso no tratamento para até 95%.

“É uma grande satisfação para nós contar com parceiros como o Sérgio Franco e a CDPI e poder oferecer o acesso ao exame às mulheres que talvez não teriam essa oportunidade. Apesar de se falar muito sobre o câncer de mama em outubro, muitas delas ainda não sabem da importância da mamografia e da detecção precoce para a cura. Por isso ficamos muito felizes quando conseguimos realizar ações como essa, que impactam positivamente na vida de muitas pessoas”, conta Francisca de Paula Harley, presidente da ONG Américas Amigas.

Para ajudar na campanha é preciso acessar a página oficial do Sérgio Franco e da CDPI no Facebook a partir do dia 1o/10 e compartilhar a publicação sobre a ação. O resultado será divulgado no dia 10/11 no site blog.sergiofranco-cdpi.com.br.

Dia Mundial do Coração

Para termos uma vida plena, precisamos saber e dar à importância necessária que nosso coração merece, como cuidar dele e como promover a sua saúde. O coração é responsável por bombear o sangue oxigenado para todo corpo, trazendo todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do nosso corpo.
Quando não cuidamos bem do nosso coração, podemos desencadear diversas doenças prejudicais a saúde e muitas vezes podendo não ser reversíveis.

Doenças que mais matam:

  • Infarto agudo do miocárdio;
  • Doença vascular periférica (deposito de gordura com obstrução das artérias);
  • Acidente vascular cerebral;
  • Morte súbita;
  • Arritmias cardíacas;

Para uma boa prevenção de doenças cardíacas, podemos adotar alguns hábitos e tomar algumas medidas como:

  • Controlar o colesterol;
  • Prevenir e controlar diabetes;
  • Prevenir e controlar a hipertensão;
  • Não fumar;
  • Ingerir pouca quantidade de álcool;
  • Manter um peso saudável;
  • Praticar exercícios físicos regularmente;
  • Adotar uma dieta saudável;

Existem alguns sintomas que podem mostrar que as coisas não estão indo muito bem com o nosso coração, aqui vão alguns exemplos : falta de ar no repouso ou no esforço, dor no peito devido a má circulação sanguínea no local, cansaço fácil, desmaio, palpitações ou taquicardia (batimento acelerado), tosse seca persistente, pressão alta, cor azulada nas pontas dos dedos ou unha, tonturas, impotência sexual e inchaço nos tornozelos.

Zika Vírus

O Zika vírus é uma infecção causada pelo vírus ZIKV, transmitida pelo mosquito Aeds Aegipty, mesmo transmissor da dengue e da febre chikungunya. A transmissão do ZIKV raramente acontece em temperaturas abaixo de 16° sendo que a mais propicia gira em torno de 30° a 32°, pois eles se desenvolvem em lugares tropicais. A fêmea deposita seus ovos em lugares quentes e úmidos, e em 48 horas o embrião se desenvolve. Para passar da fase do ovo ate a fase adulta, o inseto demora em torno de 10 dias.
Um costume do mosquito é picar nas primeiras horas da manhã e nas ultimas da tarde, evitando o sol forte. No entanto ele pode atacar à sombra, dentro ou fora de casa. É importante saber que o individuo não percebe a picada, pois não dói e nem coça no momento. E por ser um mosquito que voa baixo, até dois metros, é comum picar os membros inferiores (Joelho, panturrilha e pé).

Sintomas

  • Febre baixa entre 37,8 e 38,5 graus;
  • Dor nas articulações(artralgia), mais frequentemente nas articulações das mãos e pés, com possível inchaço;
  • Dor muscular (mialgia);
  • Cefaléia (Dor de cabeça) atrás dos olhos;
  • Erupções cutâneas acompanhadas de coceira
  • Conjuntivite, é um quadro de vermelhidão e edema (inchaço) nos olhos, mas não ocorre secreção.

Tratamento

Não há um tratamento especifico, e sim medicações para o alivio dos sintomas. Existem dois tipos de medicamentos muito recomendados, os analgésicos e antitérmicos, que tem grande ajuda nesse processo, além da ingestão de líquidos para evitar a desidratação. O melhor e único tipo de prevenção é evitando o acumulo de água parada em vasos de plantas, calhas, pneus, entre outros objetos que possam proporcionar a oportunidade do mosquito depositar seus ovos e continuar a infectar a população.

Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

A hepatite é uma inflamação no fígado que pode alterar o seu funcionamento, colaborando para o aparecimento de cirrose, câncer e outras doenças. Existem várias formas de hepatites. As mais comuns são as virais que, como o próprio nome sugere, são causadas por vírus. A hepatite também pode ser provocada por agentes tóxicos, como drogas, medicação e outras substâncias químicas. As hepatites virais são classificadas em A, B, C, D e E.

A hepatite A é uma inflamação do fígado causada por um vírus, geralmente tem um curso benigno, evoluindo para a cura espontânea em mais de 90% dos casos. Existe também a Hepatite E, que assim como a hepatite A, a transmissão, ocorre quando o vírus é ingerido pela boca, a partir do contato com objetos, alimentos ou líquidos contaminados por fezes de pessoa infectada.

Diferentemente das hepatites A e E, as Hepatites B, C e D, são doenças infecto contagiosas, transmissíveis ao contato com sangue de pessoas infectadas.

Já as Hepatites B e D, além de serem transmitidas pelo sangue de pessoas infectadas, também estão presentes nos fluídos corporais, como sêmen e secreção vaginal.

É importante salientar que a hepatite B pode ocorrer via transplacentária (durante a gravidez, da mãe para o feto e após o parto).

Vale lembrar que a Hepatite D é uma forma de hepatite viral, que se manifesta somente na presença do vírus da hepatite B, por co-infecção. Esta infecção conjunta é precursora da cirrose hepática.

Sinais e sintomas:

• Febre;
• Astenia (fraqueza);
• Mal-estar;
• Dor abdominal;
• Náuseas;
• Vômitos;
• Inapetência (perda de apetite);
• Colúria (urina cor de café);
• Icterícia (olhos e pele amarelados);
• Fezes esbranquiçadas.

Tratamento

Não existe um tratamento específico, porém, o mais aconselhável é repousar, evitar bebidas alcoólicas e a ingestão de alimentos muito gordurosos. Caso haja um dano maior do fígado, o médico irá avaliar e indicar tratamento medicamentoso, internação, ou até mesmo um transplante em casos mais graves.

Febre Chikungunya

A Febre chikungunya é parecida com a dengue, porém com suas particularidades, é causada pelo vírus CHIKV, e é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, e menos comumente pelo mosquito Aedes Albopictus, pois ele se da em áreas rurais e se alimenta de sangue animal, sua preferência não é por sangue humano.
A maioria das infecções acontece na gravidez e não resulta na transmissão do vírus pelo feto.
Aqueles infectados durante o período intra parto podem desenvolver alguma doença neurológica, doenças hemorrágicas e doença no miocárdio.

Sintomas da doença:

  • Dor nas articulações;
  • Dor nas costas;
  • Dor de cabeça.
  • Erupções cutâneas;
  • Fadiga;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Mialgias (dor muscular).

Os sintomas desta doença são graves e debilitantes, afetando principalmente pés e mãos, por serem atingidas as articulações e ate mesmo tendões, mas as pernas e costas também podem estar envolvidas.

Tratamento

Ate o momento não há tratamento especifico para esta doença, porem a algumas recomendações para alívio dos sintomas, como:

  • Repouso absoluto;
  • Analgésicos;
  • Antitérmicos;
  • Ingestão de líquidos para evitar a desidratação.

Em alguns casos será necessária á internação para hidratação venosa, nos casos mais graves, tratamento em unidade de terapia intensiva.
Como na dengue os pacientes devem evitar o consumo de medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (aspirina AAS).

Prevenção
A mesma serve para a dengue e zika vírus. Evite o acúmulo de água parada, isso é criadouro para o mosquito Aedes Aegypti, eliminando os criadouros nos eliminamos o foco, e o mosquito não dera onde deixar seus ovos.
Fiquem atentos a pneus, pratos de plantas, calhas, entre outros objetos que pode acumular água!

SE CUIDEM!